Pular para o conteúdo principal

"Paper Boy, Paper World"


Nos últimos dias me aventurei a escrever umas músicas em inglês aí. A primeira que fiz se chama "Band-Aid" e mais tarde farei um post exclusivo sobre ela porque a história é grande; a segunda é essa aqui. "Paper Boy, Paper World" foi escrita hoje e veio de uma vontade minha em criticar a ordem social vivida hoje. Só espero que aproveitem e mais embaixo tem a tradução ;)
P.S. Não foi usado Google Tradutor para tal!


He's just an paper boy
Living in a fake paper world
He's just following previous rules
Which don't allow a simple roar

He has a weak soul
Which only breath when he goes sleep
He's forced to hide his opinions
And he feels like if could bleed

No one told him to express his feelings
He'll never know what's finally live
No one told him to do what he wanted
He'll never know what's being free

His mother said, "don't be yourself
Be what they want you to be"
His father said, "whatever you wanna be
It's good for me, son"

No one told him to be himself
And now he's the copy of everyone
No one told him to follow his wishes
He found a peace where it's none

Tradução:

Ele é apenas um garoto de papel
Vivendo em um mundo de falso papel
Ele apenas segue regras prévias
Que não permitem um simples rugido

Ele tem uma alma fraca
Que só respira quando ele vai dormir
Ele é forçado a esconder suas opiniões
E ele sente como se pudesse sangrar

Ninguém disse a ele para expressar os sentimentos
Ele nunca saberá o que é finalmente viver
Ninguém disse a ele para fazer o que quisesse
Ele nunca saberá o que é ser livre

Sua mãe disse, "não seja você mesmo
Seja o que os outros querem que você seja"
Seu pai disse, "o que você quiser ser
Está bom para mim, filho"

Ninguém disse a ele para ser ele mesmo
E agora ele é a cópia de todo mundo
Ninguém disse a ele para seguir seus desejos
Ele encontrou a paz onde não há nada

Postagens mais visitadas deste blog

"O Curioso Caso de Daniel Boone": Dreamcast [ATT]

Hello from the other side!

Segue abaixo a lista de personagens e seus respectivos "atores/atrizes dos sonhos dos autores da fic":

"Save Me" (da trilha sonora inspirada de Summertime Sadness)

Espero que gostem dessa canção. Escrevi-a para demonstrar meu amor pela fanfic "Summertime Sadness", escrita pela minha melhor amiga Natasha (que usa o pseudônimo Anne Bridge) <3 font="">


Everything is falling around me And I’m afraid of falling along with it There’s nothing here in me to see There’s only the woman I used to be
The devil found out my weakness The devil found out our secret And he said he can’t leave me in peace So my life ends here, with no sequel
There was not something to hold on to Until I hear your voice in my mind It gives me hope, it gives me hope You may be the only one who can save my life Tell me, can you save me? Can you save me? Can you save me from this end? Tell me, can you save me? Can you save me? Can you save me from this end?
The memories of us together They make me wanna live for sure While the devil holds my shoulder And tells

"A Life Without You"

Sim, crianças. Não se passou nem um dia direito e eu já tô aqui com outra música que compus. Na verdade, eu a escrevi em 2016, mas a encontrei em meus arquivos hoje e quis mostrar a vocês.  "A Life Without You" é uma das minhas composições favoritas porque experimentei uma nova linha de composição, mostrando fatos de um dia-a-dia e os misturando com os sentimentos do "eu lírico". Eu a escrevi ouvindo "Pills N Potions", da Nicki Minaj, e acabei relacionando as batidas da música dela com a metrificação dos versos aqui; então, se quiserem ouvi-la também enquanto leem, é uma boa. Espero que gostem dessa também <3 font="">